Estamos concorrendo ao Prêmio Topo Blog 2013. Vote aqui:

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

NOTÍCIA: Suspensa campanha de vacinação contra a raiva em São Paulo

Após a morte de quatro gatos e dois cães, a Secretaria da Saúde resolveu suspender a vacinação contra a raiva em todo o Estado de São Paulo. Há suspeita de que as mortes estejam relacionadas à imunização dos animais.
Segundo a secretária-adjunta da Saúde, Clélia Aranda, um dos animais, morto por choque anafilático, passou por necropsia. Após o exame, foi constatado que sua morte teve relação com a vacina.

No entanto, a secretaria ainda acha cedo para afirmar que todas as 7,2 milhões de doses da substância distribuídas no Estado estejam comprometidas. "Mesmo em humanos, é possível haver casos de morte por choque anafilático", disse a Clélia.

Desde que foi iniciada a campanha de vacinação contra a raiva na capital, na última segunda-feira, foram imunizados 121.691 animais. A Secretaria de Estado da Saúde recebeu 567 notificações de reações à vacina no município, das quais 38% são consideradas graves.

Os casos relatados são de prostração, anorexia, dificuldade respiratória, convulsões e hemorragias.

Outro município que já suspendeu a vacinação foi Guarulhos, com 42.860 animais vacinados e 40 relatos de reações adversas.

Segundo a secretaria, a maior parte das reações tem sido em animais de pequeno porte --em torno de 6,5 kg.

A vacina está sendo usada pela primeira vez pelo Estado e é a mesma utilizada em pet shops. O governo, no entanto, não recomenda a suspensão da aplicação na rede privada nem sabe informar se os imunizantes serão substituídos.

No interior, também houve quatro mortes de animais. Mas, como nem todos os municípios começaram a campanha, não se sabe se esse casos são relativos à vacina.

fonte: Folha de São Paulo 20/08/2010
Postar um comentário