Estamos concorrendo ao Prêmio Topo Blog 2013. Vote aqui:

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Capulanas Cia de Arte Negra no Pombas Urbanas

No domingo (8), às 11h, a Capulanas Cia de Arte Negra apresenta o espetáculo “Solano Trindade e suas Negras Poesias” no Centro Cultural Arte em Construção (Avenida dos Metalúrgicos, 2100), sede do grupo Pombas Urbanas no bairro Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo.

Baseado em poesias de Solano Trindade, Elizandra Souza, Débora Marçal, Flávia Rosa e Priscila Preta, com dramaturgia das Capulanas, o espetáculo retrata a força da mulher negra e busca a ancestralidade das manifestações populares de matrizes afro-brasileiras e dialoga com a cultura Hip Hop. A encenação torna-se o fio condutor da montagem, unindo outras linguagens de modo a dramatizar e evidenciar uma arte existente nas ruas.

Capulanas é composta por jovens negras(os) de movimentos artísticos e políticos de São Paulo. A Cia nasce da vontade de dialogar com a sociedade sobre descobertas, anseios e percepções acerca da mulher negra. A proposta é fortificar a imagem da mulher e, para isso, se apropriam do pensamento da cultura popular, onde todas as artes se fundem: música, dança, poesia, artes plásticas, teatro e outras.

As intérpretes criadoras contribuem ainda com suas vivências narrativas, traduzidas de forma poética, e retrata as descobertas e preconceitos sofridos desde a infância até a velhice, por meio da musicalidade, coreografias e poesias. Transpondo o cotidiano, que se assemelha com os de outras tantas pessoas que se identificam negras, em um país de exclusão, Capulanas busca levar aos palcos não o sofrimento e as agressões, e sim, reafirmar a força, a resistência e a beleza negra.

A apresentação faz parte do Projeto "Pé no Quintal", contemplado pela 16° Edição do Programa de Fomento ao Teatro, da Secretaria Municipal de Cultura.

Domingo (8), às 11h
Solano Trindade e suas Negras Poesias
com Capulanas Cia de Arte Negra
Texto: Baseado em poesias de Solano Trindade, Elizandra Souza, Débora Marçal, Flávia Rosa e Priscila Preta

Direção: Vânia Terra (diretora convidada)
Elenco: Adriana Paixão, Débora Marçal, Flávia Rosa, Manoel Trindade, Priscila Preta e Zinho Trindade
Músicas: Zinho Trindade, Salloma Sallomão e domínio público
Duração: 50 minutos
Classificação: livre
Foto: GUMA

Centro Cultural Arte em Construção
Avenida dos Metalúrgicos, 2100
Bairro Cidade Tiradentes – Zona Leste / SP

Entrada franca

Mais informações:
Ellen Rio Branco / Neomisia Silvestre(Pombas Urbanas)
11 2282-3801 / 9631-1953


Postar um comentário