Estamos concorrendo ao Prêmio Topo Blog 2013. Vote aqui:

domingo, 26 de setembro de 2010

Sintonia do Axé - a metamorfose que cresceu na Cidade Tiradentes

por Luh Sunshine


Como diz a música: “Rebolation é bom, bom, rebolation é bom, bom, bom!” Não é a toa que o “Parangolé”, antes de bombar com o seu hit, existiam grupos devotos de axé formados por jovens da periferia, que honram sua tradição. Andando pela Tiradentes City, encontrei, por acaso, os integrantes do “Sintonia do Axé”.

Formado em 2004, começou com uma brincadeira entre amigos. “Antes, eu não curtia o axé, porque não era legal um homem dançar axé. Só que o Renato (integrante e responsável do grupo), já manjava da dança”, comenta Johnny Bruno, de 20 anos e integrante do grupo. “Uma vez fomos à casa do Jabson e do Carlos (amigos do Bruno e Renato), pra tirar sarro dos caras que dançavam axé por aí. A brincadeira ficou tão séria, que muito depois, fizemos nossa primeira apresentação”, explica empolgado. Veja os lugares que se apresentaram aqui na Cidade Tiradentes: EE. Oswaldo Aranha, EE. Dep.Fernando Mauro (conhecido como Buracão), CEU Jambeiro (Guaianazes); e em programas de TV, como no canal 21 o antigo programa “Amigos do Forró”, entre alguns outros. Até hoje, contagiam a galera com as micaretas por aí afora.


Com o prestígio dos fãs, o grupo sempre acreditou no reconhecimento. Eles sonham com a gravação do seu 1°DVD, e até mesmo montar uma academia. Mas, “nem tudo é rosas”, pois sofrem com o preconceito. Principalmente os garotos que dançam. “Ainda existe gente que não gosta de homens que dançam axé. Mas temos amor pelo que fazemos, e vamos dar a volta por cima”, desabafa Renato, de 20 anos.

Com nova formação, os novos integrantes são: Marcela, de 19, a são-paulina Juliana, de 19, a corintiana Cintia, de 21, e os veteranos citados Bruno e Renato, Álvaro, de 23, e Luciana, de 23 (por serem os mais velhos, já são os anciões do axé, he he!)
Postar um comentário