Estamos concorrendo ao Prêmio Topo Blog 2013. Vote aqui:

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Claudia Canto em entrevista no programa "Provocações" na TV Cultura

Antônio Abujamra entrevista a escritora e jornalista Cláudia Canto. Ela nasceu no extremo leste da cidade de São Paulo, no bairro Cidade Tiradentes, região que abriga cerca de 300 mil habitantes. Estudou jornalismo, mas não se contentou em ser mais uma na periferia. “Fui pra Portugal. Eu falei: chega dessa cultura mesquinha”.  
Cláudia Canto conta que uma negra brasileira é muito assediada por estrangeiros e que recebeu convites para se prostituir, mas acabou como doméstica em um palácio. "Eu fiquei praticamente em cárcere privado em Portugal trabalhando como empregada doméstica já que eu não tinha opção (...) e foi aí que nasceu o meu primeiro livro".
De volta ao Brasil, lançou mais três livros, um deles é o “Bem-vindo ao mundo dos raros contos e crônicas de uma psiquiatria”. Quando questionada se o livro vendeu bem, ela respondeu: “Nada, mas esgotou. Porque eu fiz uma tiragem limitada”. Em seu último livro, intitulado “Cidade Tiradentes, de menina a mulher”, Cláudia busca abordar temas como drogas, gravidez precoce, ONGs, e não recorrer à visão antropológica e geográfica do bairro. "Pra mim, a Cidade Tiradentes é uma negra como eu".

Durante todo o programa, a entrevista de Cláudia Canto é complementada com trechos das entrevistas de outros escritores da periferia que foram exibidas durante esses 10 anos de Provocações. Eles são: Binho, Ferréz, Sérgio Vaz, Nilson Hernandes, Alexandre Buzo e Sacolinha.

Para quem não assistiu, fique ligado; o programa será reprisado de quinta para sexta (9/9) à 1h30 da manhã.

Fotos: Jair Bertolucci CEDOC FPA
Fonte: www.tvcultura.com.br
Postar um comentário